RÁDIO CARLOS PITTY

sábado, 22 de março de 2008

Talvez, seja talvez você!

Talvez, seja talvez você! (Carlos Pitty) *Direitos Reservados

Talvez, seja talvez você!
Talvez seja você, seja o momento, ou o eterno.
Talvez seja você, o meu passado, ou talvez o amanhã.
Talvez seja você, o limite, ou a imensidão.
Talvez seja você, bem diferente, ou da mesma cor.
Talvez seja você, a encrenca, ou talvez a minha paz.
Talvez seja você, a minha distância, ou o aqui ó!
Talvez seja você, a minha luz ou a escuridão.
Talvez seja você, o meu mel ou meu desgosto.
Talvez seja você, meu frio ou o meu fervor.
Talvez seja você, meu amor ou a minha dor.
Talvez seja você, meu tudo ou quase nada.
Talvez seja você, meu só agora ou seja depois.
Talvez seja você, por bem ou meu mal, inesquecível!
Talvez, talvez seja, mas que seja você!