RÁDIO CARLOS PITTY

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

POESIA - SE VOCÊ NÃO MAIS EXISTIR...

SE VOCÊ NÃO MAIS EXISTIR...
Carlos Pitty - Direitos reservados

Que sorte vai ser a minha se você não mais existir?
Se fizeres tua saida.
Se buscares teu caminho.
Se partires para outro mundo.
Aqui morrerei...
Me apagarei...
Vazio hei de ficar!
Se não mais existir.
Meu mundo será de cinzas.
De olhares tristes...
Viverei tamanha escuridão.
De lágrimas correndo em prantos.
Me sentirei amarrado em meu leito,
E meu corpo se deletará aos poucos...
Ficar sem você?
A tua ausência é inaceitável.
É uma opção inexistente.
É impossivel!
Se não mais estiver,
Me perderei então.
Me entregarei à tragédia,
Me jogarei aos cães,
Viverei o caos.
Irei dormir para não mais acordar.
Que vida será a minha, se me deixares?
Nunca cheguei a pensar, muito menos irei aceitar.
Minha vida com você é tão certa como números.
Como sol para o dia...
Como estrelas para o céu,
Como o alimento para a fome,
Como á agua para a sede,
Como ar para respirar...
Sem exageros...
És tu meu riso, minha alegria,
Minha fonte, minha energia.
Nunca hei de pensar a tua ausência.
Ficar sem você?
Nem em brincadeira.
Portanto, se tiver que ir.
Irei então.
Eu morrerei com tua morte.