RÁDIO CARLOS PITTY

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

POESIA - ATENDE O TELEFONE

ATENDE O TELEFONE
Carlos Pitty – Direitos reservados

Atende o telefone, paixão!
Quero dizer-lhe palavras que me restam,
Sonhos que ainda existem,
Desejos que ainda ficaram...
Isso tudo é paixão!

Atende o telefone!
Me tire desse sufoco,
Não me deixe louco,
Pois fico a fazer bobeiras em vão,
Sem necessidade ou razão.

Atende o telefone!
Mas, não me peça para que eu te esqueça.
Pode até ser que eu enlouqueça,
Em murmúrios e prantos
À mercê da solidão.

Atende o telefone!
Apague de mim o vazio,
Afaste esse medo doentio,
Pois pareço uma criança
Brincando em vão.

Atende o telefone!
Eu sou assim,
Pra que fugir de mim?
Somos sede e água,
Por que dizer não?

Atende o telefone!
Faz comigo a conexão,
Somos corpo e alma,
Pra que então me evitar,
Se você é o “tum tum” o do meu coração?...


FOTO: http://emedien.oekotest.de/img/pic/J0404/33805.jpg