RÁDIO CARLOS PITTY

quarta-feira, 6 de maio de 2009

POESIA - MÃE

MÃE
(Carlos Pitty) Direitos reservados

Mãe, palavra de grande riqueza.
Faltam idéias para poder lhe decifrar.
Poderia usar todas as letras do mundo,
Mesmo as horas, minutos e segundos,
Nem assim poderia te simplificar!
Mulher de tamanha delicadeza,
De virtudes e beleza,
Magnitude, lágrima,
Sorriso e emoções!
Mãe, que gera colo, laço,
Alma e coração.
Mesmo em brigas, te chamo!
Mesmo longe de mim, te clamo!
Mesmo diferente de mim, prá sempre te amo!
Mãe acalanto, mãe que me dá seu canto...
Volto-me no tempo e lembro a canção de ninar...
Senhora que me protege,
Salvadora sublime,
Que nada me culpa,
Nada me cobra,
Senão meu amor e minha fé!
Mãe que em firmeza diz:
- Filho, segue teu caminho,
Segue tua honra e voe pelo espaço,
Como pássaro que sai do ninho
Seguindo seu olhar...
Mãe que ensinou o primeiro passo,
Mãe que acarinhou com seu abraço,
Que aqueceu em noites de inverno...
Mulher aguerrida, fera ferida.
Feminina de amor profundo.
Em nove meses planejou seu sonho
E entregou seu filho ao mundo.
Mãe que perdoa,
Jamais teme o medo,
supera os pecados
Esquece as diferenças,
Busca sempre o rumo da felicidade
E não importando a idade,
Sempre perto queres estar!
Mãe de coração apertado,
Amor que teu filho implora,
Meu rubi, minha pérola...
Simplesmente, te amo!


FOTO: Direitos reservados ao autor.


DEDICAÇÃO:
À minha mãe Melânia, "mulher aguerrida" aquela que me planejou, sonhou, criou e me entregou ao mundo, e hoje sigo meu caminho com a mesma honra, que por ela foi ensinado. Á minha pérola, pedaço de minha alma!

À minha mãe Vilma, não de sangue, mas que me tem como também seu filho, por isso lhe respeito e à considero por seu coração humilde, simplicidade, por seu laço e carinho tremendo.

À minha mãe Mirian, mãe que me adotou, como um pássaro que conquista um lugarzinho no ninho. Senhora protetora, se sensibilidade, que nada me cobra, senão apenas o meu amor.

À todas as mães do mundo. Mães de qualquer raça, cor, classe social ou religão. Mães que choram, mães que sofrem por seus, mães que sorriem, mães de canto, acalanto, virtudes e belezas. Parabéns!